“Queremos que você fique”: Canadá lança programa que irá beneficiar 90 mil graduados internacionais e trabalhadores com a residência permanente

Para garantir a permanência de imigrantes qualificados no país, o Canadá deu mais um passo e lançou nesta quarta-feira (14/04) um programa especial de imigração que vai conceder residência permanente a 90 mil recém-graduados internacionais e a trabalhadores estrangeiros temporários com experiência de trabalho em ocupações essenciais. O anúncio foi feito pelo ministro da Imigração, Refugiados e Cidadania, Marco E. L. Mendicino.

O governo concederá o status de residente permanente aos alunos internacionais que atendem os requisitos necessários.

Requisitos exigidos para os estudantes:

– Ter completado um programa educacional com mínimo de 16 meses de duração ou dois programas de pelo menos 8 meses cada em uma instituição canadense com DLI (Designated Learning Institution) elegível;
– Ter completado o programa educacional após Janeiro de 2017 e antes da data da aplicação;
– Possuir um work permit válido e estar trabalhando (não precisa estar em uma ocupação específica para atender aos requisitos);
– Estar morando e trabalhando no Canadá (Não pode ser self-employed);
– Teste de inglês ou francês: CLB 5;
– Possuir intenção de morar em uma província canadense que não seja Quebec. 

Já os trabalhadores estrangeiros devem ter pelo menos um ano de experiência de trabalho no Canadá em uma das 40 profissões na área de saúde listadas pelo governo como essenciais ou outra ocupação dentre as 95 consideradas indispensáveis neste momento de pandemia em diversas áreas, como, por exemplo, assistência, produção e distribuição de alimentos.

Requisitos exigidos para os trabalhadores temporários na área de saúde e outras ocupações essenciais:

– Ter 1 ano de experiência de trabalho full-time (ou equivalente) no Canadá em uma das ocupações elegíveis;
– A experiência de trabalho deve ser acumulada no período de 3 anos anterior a data da aplicação;
– Possuir um work permit válido;
– Estar morando e trabalhando no Canadá (Não pode ser self-employed, exceto médicos);
– Teste de inglês ou francês: CLB 4;
– Possuir intenção de morar em uma província canadense que não seja Quebec.  

Mais detalhes sobre os critérios de elegibilidade podem ser encontrados aqui.

“A pandemia mostrou as incríveis contribuições dos recém-chegados. Essas novas políticas ajudarão aqueles com status temporário a planejar seu futuro no Canadá, desempenhar um papel fundamental em nossa recuperação econômica e nos ajudar a reconstruir melhor”, afirmou o ministro da Imigração, Marco Mendicino.

A partir de 6 de maio de 2021, o Ministério da Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá (IRCC) começará a aceitar as inscrições para o programa. Entre as 90 mil vagas, 20 mil serão destinadas aos trabalhadores estrangeiros temporários da área da saúde, 30 mil para aqueles em outras ocupações essenciais selecionadas e 40 mil para estudantes internacionais que se formaram em uma instituição canadense.

A medida permanecerá aberta até 5 de novembro de 2021 ou até que as 90 mil vagas sejam preenchidas. 

O novo programa ajudará o Canadá a alcançar a meta do plano de imigração para o ano de 2021, que fará com que o país receba 401 mil novos residentes permanentes. Os recém-chegados qualificados e os graduados internacionais recebidos ajudarão a criar empregos e impulsionar o crescimento a longo prazo no país.

O ministro Marco Mendicino anunciou ainda que o departamento de imigração contratou recentemente 62 policiais para aumentar a capacidade de processamento dos pedidos. “Nossa mensagem para eles é simples: seu status pode ser temporário, mas suas contribuições são duradouras – e queremos que você fique”, finalizou o ministro.

Mais informações:

https://www.canada.ca/en/immigration-refugees-citizenship/news/2021/04/new-pathway-to-permanent-residency-for-over-90000-essential-temporary-workers-and-international-graduates.html

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Deixe um comentário

Chat via Whatsapp
Send via WhatsApp