¡Hola, España!

POR QUE ESPANHA?

Conheça os cursos oferecidos na Espanha

Qual curso você está interessado?

Higher Diploma

Duração: 3 anos

Data de Início: Outubro
Valor a partir de:
5.940€ (anual)
Áreas: Design Gráfico, Animação 2D e 3D, Design de Games e Fotografia.

Pós-Graduação

Duração 5 meses

Data de Início: Outubro / Março
Valor total a partir de:
5.040€
Áreas: Ilustração de Moda, Tendências, Design de produtos e Publicidade de Moda

Graduação

Duração: 4 anos

Data de Início: Setembro
Valor a partir de:
9.300€ (anual)
Áreas: Design Gráfico, Design de Moda, Design de Interiores e Design de Produtos.

Mestrado

Duração 1 ano

Data de Início: Outubro / Março
Valor total a partir de:
6.680€
Áreas: Moda, Arte, Fotografia de Moda e Design

Como é o processo para o visto de estudos na Espanha?

Os brasileiros que desejam fazer cursos com duração superior a 90 dias devem solicitar o visto de estudos em algum dos Consulados da Espanha no Brasil consulte aqui  qual o consulado atende a sua região de residência.

Para reduzir a presença física durante a pandemia de COVID-19, temporariamente, a Seção Consular em Brasília oferece as seguintes opções para a apresentação das solicitações de vistos de estudos (somente para a categoria de visto de estudos):

1) Apresentação na Embaixada da Espanha em Brasília: os estudantes ou os seus representantes poderão apresentar a sua solicitação de visto na portaria da Embaixada da Espanha em envelope fechado, incluindo passaporte e toda a documentação, das 8h às 15h, de segunda à sexta-feira.

2) Envio da documentação através de correio SEDEX: os estudantes poderão apresentar suas solicitações de visto e documentação via SEDEX,  incluindo cópia do passaporte. O passaporte original não deverá ser enviado. Se o visto for aprovado, o consulado entrará em contato para que o passaporte seja levado à unidade pessoalmente.

3) Entrega nos Consulados Honorários: o trâmite também poderá ser realizado nos Consulados Honorários da Espanha da demarcação ver locais aqui

Caso o curso pretendido tenha uma duração maior do que seis meses (+180 dias), o estudante deverá, além do visto de estudos, solicitar a Carteira de Identidade de Estrangeiro, dentro do prazo máximo de um mês após a sua entrada efetiva na Espanha. Esse documento é solicitado na Oficina de Extranjería correspondente ao domicílio na Espanha. No mesmo instante em que a solicitação é feita, lhe será atribuído um Numero de Identificación de Extranjero (NIE) que corresponde ao RG e ao CPF brasileiros. Com esse número é possível abrir conta em bancos, por exemplo. A Carteira de Identidade de Estrangeiro demora em torno de 30 dias para ficar pronta.

O Consulado da Espanha pede que a solicitação para o visto de estudos seja apresentada com antecedência mínima de 30 dias da data prevista para a viagem.

 

  • Formulário de solicitação de visto nacional, devidamente preenchido e assinado pelo interessado/a
  • Passaporte válido até pelo menos 6 meses após a saída do território + cópia da folha de dados e fotocópia das folhas que tenham sido utilizadas.
  • Uma foto 3×4 recente, colorida e com fundo branco
  • Documento original de admissão do centro de ensino ou científico espanhol onde conste:
  1. Nome, endereço e e-mail do centro;
  2. Nome, endereço e e-mail do responsável pelo curso;
  3. Carga horária (mínimo de 20 horas semanais) e datas de início e fim do curso
  • Comprovante de residência e título de eleitor.
  • Diploma ou histórico acadêmico dos últimos estudos apostilado em cartório.
  • Comprovante de condições financeiras para se manter na Espanha até o fim dos estudos
  • Seguro médico de viagem
  • Taxa de Visto: deverá ser enviado um cheque nominal à “Embaixada da Espanha” com o valor da taxa para um visto nacional. Verificar valores aqui.

Caso a solicitação seja para um visto de estudos com duração maior do que seis meses, será exigido também:

  • Atestado médico (ver modelo oficial) apostilado, que deverá ter a assinatura do médico reconhecida em cartório.
  • Certidão de Antecedentes Criminais, emitida pelo Departamento da Polícia Federal brasileira e do país ou países onde tenha vivido nos últimos cinco anos. A certidão deve estar traduzida, apostilada em cartório, com validade mínima de 15 dias até a data de vencimento.

Caso o estudante seja menor de idade, será exigido, ainda:

  • Autorização dos pais, lavrada em cartório, ou de quem possua a guarda legal do solicitante, autorizando a estadia e compromisso de financiamento (traduzida para o espanhol por tradutor juramentado).
  • Relatório favorável da autoridade governamental espanhola caso os estudos sejam financiados por pessoas residentes na Espanha, alheias a quem tenha a guarda do solicitante.

Como Funciona a comprovação Financeira?

Quanto é preciso ter para comprovação financeira?

O Governo Espanhol exige que o titular do visto comprove possuir ao menos 100% do índice IPREM (Indicador Público de Renta de Efectos Múltiples). Isso significa que o estudante deve possuir, no mínimo, 565,00€ por mês, ou seja, aproximadamente 6.780,00€ para passar um ano de estudos, por exemplo. Para os familiares dependentes do titular do visto é necessário adicionar 75% do índice IPREM para o primeiro familiar e 50% do índice IPREM para cada familiar adicional. Consulte aqui a tabela do índice IPREM.

Quais documentos podem ser apresentados?

Devem ser apresentados como documentos comprovativos de renda o Imposto de renda, extrato bancário dos três últimos meses e três últimos contracheques. No caso de possuir uma bolsa de estudos, é necessário também apresentar a documentação que comprove. Nos casos em que os pais do aluno se responsabilizam por ele, deve-se apresentar documentos lavrados em cartório e apostilados. Esses são os documentos básicos para poder iniciar os trâmites para a solicitação do visto de estudos. Porém, podem ser necessários outros documentos de acordo com cada caso.

Quero trabalhar sendo estudante na Espanha. Posso?

Trabalhar durante o período de estudos é uma boa alternativa tanto para adquirir experiência, conhecer melhor a cultura do país, como também para ajudar a bancar as despesas. Com o visto de estudos é possível ter autorização para trabalhar e, recentemente, também foi autorizada a permanência do estudante no país para tentar conseguir um trabalho após finalizar os estudos.

Enquanto frequenta uma instituição de ensino, o estudante pode solicitar uma autorização para trabalhar fora do horário das aulas. A Espanha não exige um limite de horas semanais de trabalho, ao contrário de muitos países da Europa. Porém, o horário de trabalho não pode chocar com o horário das aulas. A vantagem é que, se o curso é noturno, você estará livre e autorizado a trabalhar pela manhã e à tarde, caso queira. O mesmo acontece no período das férias escolares, quando o estudante estará autorizado a fazer uma jornada completa de trabalho, se assim desejar.

Contudo, esse tipo de autorização não é automática. O estudante precisa solicitar ao governo e, para isto, é preciso ter uma oferta de trabalho. Não é possível solicitar esse visto para buscar emprego. Para conseguir a autorização de trabalho é necessário já apresentar um contrato com as horas laborais devidamente discriminadas, comprovando assim que não afetará o calendário de estudos.

Após três anos com o visto de estudos é possível trocar o documento para autorização de residência e trabalho na Espanha. Dessa forma, não será mais necessário estar estudando para conseguir o visto e nem trabalhar apenas fora do horário de aulas. Para permanecer no país após esse período é preciso estar com um contrato de trabalho com jornada completa (full time) e salário que seja igual ou superior ao mínimo exigido pelo governo.

Uma nova resolução permite aos estudantes que frequentaram cursos do ensino superior na Espanha (graduação, mestrado ou doutorado) que solicitem uma autorização para busca de trabalho no país. Esse tipo de visto autoriza o solicitante a permanecer legalmente no país por até um ano após a conclusão do curso.

young family having fun at home

Quero levar minha família comigo. Eu posso?

Sim, para alunos com visto de estudante universitário é permitido trazer seus familiares (cônjuge, companheiro e filhos menores de 18 anos ou que tenham alguma incapacidade). Eles devem apresentar a mesma documentação do estudante e, além disso, devem provar o seu vínculo familiar com o aluno por meio de certidão de nascimento ou casamento, conforme o caso. Todos os documentos devem ser apostilados no cartório. 

Seguro Saúde – Eu preciso?

Sim. Todas as pessoas que desejam residir ou até mesmo fazer turismo na Espanha devem estar cobertas por um seguro saúde. A Espanha é um dos países do Espaço Schengen, que é formado por 26 países europeus. Esses países fizeram um tratado para estabelecer a livre circulação de pessoas entre eles, sem existir a necessidade de passar por qualquer imigração. Contudo, o tratado tem exigências e, uma delas, é a obrigatoriedade da contratação de seguro saúde com cobertura médico hospitalar de, no mínimo, 30 mil euros. A cobertura deve incluir repatriamento por razões médicas e morte, cuidados de emergência médica ou de cuidados hospitalares urgentes durante a sua estadia ou estadias no território dos Estados-Membros da União Europeia. O documento precisa estar em espanhol.

Vamos conversar?

Fale um pouco sobre você, e em seguida retornaremos com mais detalhes sobre os cursos na Espanha.

Chat via Whatsapp
Send via WhatsApp